Passar para o conteúdo principal

Solução: NO SIRBI NO POVO

Desenvolvido por:
Academia Ubuntu Guiné-Bissau (AUGB)
Apoiado por:
Plataforma Na Nô Mon, PNUD
Publicado: 23 Jan 2023
Última edição: 17 Mar 2023
37 visualizações

Segundo as informações fornecidas pela Academia Ubuntu a Guiné-Bissau tem conhecido nas duas últimas décadas um clima cada vez mais preocupante de instabilidade política, governamental e social, tendo como consequência a fracturação da sociedade guineense a todos os níveis, sobretudo étnica, cultural e religiosa, com antagonismos que vão estimulando a radicalização de posições, a intolerância e a construção de murros que nos vão separando enquanto seres humanos e guineenses em particular. A escolha deve-se a situação preocupante da relação entre população comum e forças de defesa e segurança ou seja,a maioria dos membros da classe castrense (militares, Policia da Ordem Publica, POP, Grupo Territorial n°3 de Guarda Nacional-GN, Serviço de Imigraçãoe Fronteira (SIF), Brigada Nacional de Protecção Ambiental BPNA, Grupo de PoliciaTransito-GPT, Brigada Alfandegaria), ambos afetados aregiãode Bafatá, revelam desprovimento de conhecimentos na materia de liderança e Direitos Humanos mediante o exercício das suas funções no terreno o facto que lhes conduzem a praticar más abordagens, comunicações violentas e desproporcionadas, recurso as actividades ilícitas para o benefícios próprios, que não alinham com ética e conduta de um servidor de Estado.

Esta modalidade de actuação dos servidores públicos que operam naquelas zonas fronteiriças de maior agregação populacional, causa as seguintes consequências: Conflito entre os servidores públicos e utentes; Descrito das comunidades nos serviços prestados pelos servidores públicos; Aumento do nível de corrupção; Redução de receitas e fragilização do poder do controlo do Estado; Conflito intra-estrutura causada pela usurpação de competências; Conflito de valores entre estruturas; Tratamento desigual dos utentes, baseado nas relações de amiguismo, parentesco; Estes factores contribuem fortemente na fragilização do sistema de segurança do Estado.

O reforço de capacidades no domínio de liderança servidora e direitos humanos poderá ajudar muito na atuação desses servidores públicos para que possam ter uma boa comunicação junto à comunidade, contribuindo desta forma para a preservação dos bens públicos nas zonas fronteiriças.

Objectivo Geral

Contribuir para a promoção da sociedade castrense maispacífica, responsável, plural e inclusiva, da região de Bafatá.

Objectivo Especifico

Implementar um programa formativo de liderança servidora e Direitos humanos para 50 membros deDefesa e Segurança afectadas à região de Bafata;

Capacitar jovense mulheresda Defesa e Segurançacom vista à promoção da paz, pluralismo e restauração da dignidade humana, através do empoderamento para uma liderança servidora e Direitos humanos.

Impacto Esperado

50 Jovens e mulheres de classe castrense, afeto a região de Bafatá formados e consolidados enquanto líderes ao serviço da comunidade;

50 Jovens e mulheres de classe castrense selecionados, apoiados na consolidação de competências humanas e técnicas relevantes para o seu percurso de líder/militar;

Líderes servidores formados com enfoque na capacidade de cuidar, escutar, confiar e promover a reconciliação construindo pontes e promovendo a dignidade humana;

Dessiminação da formação em liderança juntos das outras unidades da região de Bafata.

 

Lista dos beneficiários do projecto

Lista dos beneficiarios do projecto

Fotografia dos beneficiários do projecto

No Sirbi No Povo Lançamento do projecto

No Sirbi No Povo

No Sirbi No Povo

 

Exercícios desenvolvidos durante a formação (Importância de construção de ponte, dinâmica para vencer obstacúlos)

Exercicios projecto Ubuntu

Exercicios projecto Ubuntu

Exercicios projecto Ubuntu

Exercicios projecto Ubuntu

Exercicios projecto Ubuntu

Exercicios projecto Ubuntu

Exercicios projecto Ubuntu

Exercicios projecto Ubuntu

Exercicios projecto Ubuntu

Exercícios desenvolvidos durante a formação ( I Have Dream)

Projecto No Sirbi No Povo

Projecto No sirbi No Povo

Projecto No Sirbi NO Povo

Prorjecto No Sirbi No Po

Exercícios desenvolvidos durante a formação (dinâmica sobre o que mais une os seres humanos)

Capacitação de beneficiarios do projecto Ubuntu

Beneficiarios do projecto Ubuntu

Exercícios desenvolvidos durante a formação (Workshop)

Beneficiarios do projecto Ubuntu

Beneficiarios do projecto Ubuntu

Beneficiarios do projecto Ubuntu

Beneficiarios do projecto Ubuntu

Beneficiarios do projecto Ubuntu

Beneficiarios do projecto Ubuntu

Beneficiarios do projecto Ubuntu

Beneficiarios do projecto Ubuntu

Beneficiarios do projecto Ubuntu

 

Inscreva-se na nossa lista de e-mails