Passar para o conteúdo principal

Solução: Nô djunta na un kabaz

Apoio à resolução de conflitos na região de Biombo através da criação e funcionamento de Fórum de Concertação e Sensibilização

Desenvolvido por: Plataforma Juvenil de Biombo

Apoiado por: Plataforma Na Nô Mon

Publicado: 12 Fev 2024
Última edição: 20 Fev 2024
8 visualizações

Contexto

Segundo a organização na região de Biombo, existem várias fontes de tensões a diferentes níveis. A nível comunitário, tal como em outras regiões do país e do mundo, sempre houve tensões ou conflitos que muitas vezes não chegavam a conhecimento público. No entanto, nos últimos anos estas tensões têm-se tornado mais evidentes, tornando-se mais frequentes e visíveis. Por exemplo,  casos de roubos, furtos, conflitos de posse de terra, tensões entre regulados, práticas de casamento precoce, entre outros, são os principais conflitos verificados nas comunidades. Este tipo de conflitos acontece um pouco por toda a região, mas há algumas zonas mais afetadas. No caso de tensões entre regulados, o Reino de Tor é um exemplo claro. Em termos de furtos, estes têm sido sobretudo evidentes em Bigimita, Quinhamel, Safim, Prábis e Keset. Já no que diz respeito à posse de terra e ao casamento precoce, estas tensões verificam-se mesmo em toda a região. A nível da relação entre a comunidade e autoridades locais, têm havido má gestão dos espaços verdes e espaços públicos no geral que cria descontentamento da parte da população.  Segundo a organização, a nível da relação entre a comunidade e autoridades locais, têm havido má gestão dos espaços verdes e espaços públicos no geral que cria descontentamento da parte da população. Um dos exemplos que pode ser citado são as promessas por parte das autoridades, que reservam um espaço para um certo fim público, mas depois as ações previstas acabam por não acontecer, e os espaços outrora públicos são vendidos a privados pelas autoridades... Este tipo de tensões acontece nomeadamente em Prábis, Biombo e Safim. Além disso, são verificados problemas ao nível da gestão de recursos naturais. Este é o caso notório e flagrante das concessões de exploração de lama (terra de bolanha) na zona de Prábis para produção de cimento industrial (empresa estrangeira), que traz imensos problemas entre autoridades e jovens, e comunidade no geral. A existência de todas estas tensões é agravada devido à falta de associações ou organizações que trabalhem diretamente na gestão destes conflitos ao nível da região.

Objectivo

O objetivo do projeto Nô djunta na un kabaz é reduzir o foco de tensão e conflitos que têm estado a ocorrer na região de Biombo. Para isso, será estabelecido um Fórum de Concertação e Sensibilização entre todos os atores, como maneira de poder trabalhar em conjunto para reduzir as tensões existentes. Neste Fórum, serão realizadas reuniões regulares para permitir identificar e lidar com os problemas existentes a nível comunitário, de secção, setor e região. Neste âmbito serão tomadas as ações necessárias (como por exemplo mediação e sensibilização), que decorreram ao longo de um ano em toda a região

Impacto Esperado

O impacto esperado neste projecto, é a criação de um fórum de Concertação e Sensibilização como forma rápida de resolução de problemas sociais na região de Biombo, que muito afligem a comunidade.

Fotografias do projecto

Encontro com Governadora de Biombo no quadro do projeto

Encontro com a governadora de Biombo

Encontro com Administradora de Biombo

Primeiro encontro de membros de fórum de concertação e sensibilizacao do Setor de prabis

Projecto no djunta na un cabaz

No Djunta Na un Cabaz

Encontro com Administradora de Biombo

 

Foto capturada no camando policial de Setor de Safim o durante o encontro de sensibilização das autoridades locais da região de Biombo

Encontro com Administradora de Biombo

Foto capturada no camando policial de Setor de Safim o durante o encontro de sensibilização das autoridades locais da região de Biombo

Encontro com Administradora de Biombo

 

Identificação e Atualização de Conflitos no Setor de Biombo

Resolução de Conflitos

Identificação de conflitos

Resolução de conflitos

 

 

Inscreva-se na nossa lista de e-mails