Passar para o conteúdo principal

Solução: Empoderamento das Mulheres de Plack-1

Desenvolvido por:
Associação dos Jovens Voluntários e Amigos de Plack-1
Apoiado por:
PNUD
Publicado: 05 Jun 2021
Última edição: 05 Jul 2022
65 visualizações

Contexto

As condições de vida dos moradores do Bairro Plack-1 são muito precárias e constata-se um nível de rendimento bastante fraco, alguns familiares a par de pequenas biscates do dia-a-dia praticam pequenas actividades geradoras de rendas sobretudo as mulheres  para aguentar alimentação da família, contudo, muitas delas têm limitação escolar, a prática de horticultura, agricultura de arroz e cria de pequenos ruminantes. A maioria das famílias comem uma refeição por dia. Em termos de saúde os principais problemas e doenças são os seguintes : Paludismo que atinge praticamente 100% da população, diarreias, doenças sexualmente transmissíveis. A maioria dos moradores do Bairro Plack-1 recorre aos curandeiros tradicionais para se tratar.  

A mulher desempenha um papel importante na alimentação da família, sobretudo no bem-estar e na educação das crianças, mas nota-se a fraca participação das mulheres na tomada das decisões sobre os problemas que lhes dizem respeito a todos os níveis, e um elevado índice de analfabetismo na camada feminina. Apesar da existência de várias organizações das mulheres (grupos de Mandjuandadi) a maioria delas são recentes, informais, poucas estruturadas e não legalizadas. Estes grupos organizacionais realizam actividades sobretudo socioculturais e económicas a saber: intercâmbios culturais entre grupos de "abotas" ou quotização com fins de solidariedade financeira do grupo/organização. No Bairro Plack-1 pode-se notar a vontade das mulheres na procura de sustento da família e as iniciativas delas para se juntar e agir, mas não estão a ser apoiadas e valorizadas. 

 

Objectivo: Contribuir no aumento da taxa das mulheres alfabetizadas para melhorias das condições de vida das famílias de Bairro Plack-1 através de alfabetização das mulheres e jovens raparigas da comunidade, reforçando a capacidade formativa dos facilitadores do curso de alfabetização e membros da organização executora. 

A alfabetização permitiria a inclusão social das alfabetizadas a sua participação activa na esfera de tomada de decisão dentro da comunidade e facilitaria o acompanhamento da educação dos seus filhos, assim como, melhoria nas suas actividades de negócio .

 

Impacto social e comunitário 

Os beneficiários directo deste projecto serão 100 mulheres e jovens raparigas vulneráveis e não escolarizadas de bairro de Plack-1 mais 10 jovens facilitadores que receberão uma formação na matéria de alfabetização. A alfabetização permitirá a inclusão social das alfabetizadas, a sua participação activa na esfera de tomada de decisão dentro da comunidade, o acompanhamento da educação dos seus filhos e gerir melhor as suas actividades de negócio. 

Mulheres no processo de alfabetização

Empoderamento das Mulheres Plack1

Empoderamento das Mulheres Plack1

Empoderamento das Mulheres Plack1

Projecto de Alfabetização

Projecto de Alfabetização

Projecto de Alfabetização

Projecto Alfabetização

Projecto Alfabetização

Projecto Alfabetização

Projecto Alfabetização

Projecto Alfabetização

Projecto Alfabetização

projecto de Alfabetização

Projecto de alfabetização das mulheres plack1

Projecto de Alfabetização das mulheres Plack1

Projecto de Alfabetização das mulheres Plack1

Projecto de Alfabetização das mulheres Plack1

Projecto de Alfabetização das mulheres Plack1

Projecto de Alfabetização das mulheres Plack1

Projecto de Alfabetização das mulheres Plack1

Projecto de Alfabetização das mulheres Plack1

Inscreva-se na nossa lista de e-mails